voltar
RESIALENTEJO, E.I.M.
RESIALENTEJO, E.I.M.
topo
RESIALENTEJO, E.I.M.
Projeto “Dê uma Tampa”
     
No âmbito da sua politica de responsabilidade social, a RESIALENTEJO disponibiliza um sistema solidário de recolha de tampas - Projeto “Dê uma Tampa”, que tem como objetivo receber tampas de plástico ou de metal (caricas) de garrafas, recolhidas pelos cidadãos ou entidades, que após enviadas para empresas de reciclagem permitem obter fundos para a aquisição de equipamentos médicos ou ortopédicos ou financiamento de prestações médicas.  
   
 
operação: OVELHA VERDE
     
A RESIALENTEJO tem levado a cabo
diversas ações em feiras e iniciativas,
com a designação
"operação: OVELHA VERDE".
Fazem parte desta "operação" a colocação.
de equipamentos de recolha seletiva
 
de diversos formatos e capacidades, como também a sensibilização dos
visitantes através de ações levadas a cabo em "mini stand" com recurso a
jogos didáticos com prémios em brindes ecologócios.
   
 
.
.
 


Newsletter ..............................
 
Aderir

Introduza o endereço de correio eletrónico a ser adicionado à nossa lista, para receber todas as notícias e destaques sobre a RESIALENTEJO, E.I.M.
       
Endereço de Correio Eletrónico:   *
     
     
 



























Desistir

Introduza o endereço de correio eletrónico a ser retirado da nossa lista.
       
Endereço de Correio Eletrónico:   *
     
     
 



























Consultar

Edições da Newsletter da RESIALENTEJO, E.I.M.
     
2010   2011
   
Nº1 Newsletter Trimestral 2010   Nº1 Newsletter Trimestral 2011
Nº2 Newsletter Trimestral 2010   Nº2 Newsletter Trimestral 2011
Nº3 Newsletter Trimestral 2010   Nº3 Newsletter Trimestral 2011
Nº4 Newsletter Trimestral 2010   Nº4 Newsletter Trimestral 2011
   
2012   2013
   
Nº1 Newsletter Trimestral 2012   Nº1 Newsletter Trimestral 2013
Nº2 Newsletter Trimestral 2012   Nº2 Newsletter Trimestral 2013
  Nº3 Newsletter Trimestral 2013
  Nº4 Newsletter Trimestral 2013
   
2014   2015
   
Nº1 Newsletter Trimestral 2014   Newsletter Nº1 2015
Nº2 Newsletter Trimestral 2014   Newsletter Nº2 2015
  Newsletter Nº3 2015
   
2016   2017
   
Newsletter Nº1 2016   Newsletter Nº1 2017
Newsletter Nº2 2016    
Newsletter Nº3 2016    
     
2018   2019
   
Newsletter Nº1 2018   Newsletter Nº1 2019
Newsletter Nº2 2018    
Newsletter Nº3 2018    
Newsletter Nº4 2018    
 



























Entrega de Resíduos ..............................
 
Introdução
.
 

Com o objetivo de facilitar o processo de entrega de resíduos, a RESIALENTEJO dividiu em categorias as opções a escolher consoante a área de produção de resíduos.


Escolha no menu em cima, qual a categoria de produtor de resíduos onde se insere.

 


 
 
 
 
 
 
 


















Munícipes
.
Entrega de Pequenas Quantidades
 
Na tabela seguinte, encontram-se discriminadas as soluções disponibilizadas pela RESIALENTEJO para cada um dos resíduos mais comuns produzidos nas nossas casas.
 
Menos de 1.000 L / dia
Resíduo Ponto de Entrega
Papel/Cartão Embalagem
Papel/Cartão Não Embalagem
Ecoponto Azul (Papelão)
Vidro Ecoponto Verde (Vidrão)
Embalagens de Plástico, Metal e Cartão para líquidos alimentares
Plástico e Metal Não Embalagem
Equipamento elétrico e eletrónico (EEE) de pequena dimensão
Tinteiros de Impressoras
Ecoponto Amarelo (Embalão)
Pilhas e Baterias Pilhão ou entrega no local de aquisição
Óleos Alimentares Usados (OAU) Oleão
Lâmpadas Fluorescentes Ver rede de Pontos Eletrão
Equipamento Elétrico e Eletrónico (EEE) de grande dimensão Contatar Autarquia Local
Monstros (ex. Mobiliário) Contatar Autarquia Local
 
 
 
 
 
Entrega de Grandes Quantidades
 
Deverá contatar o Município ou Junta de Freguesia da sua área de residência para que indiquem se proporcionam o serviço de recolha e encaminhamento, ou no caso de pretender entregar nas nossas instalações deverá contatar-nos.
 












Agricultores
.
Introdução
 

O Projeto RESIAGRO desenvolvido pela RESIALENTEJO pretende disponibilizar soluções para alguns dos resíduos não perigosos produzidos nas explorações agrícolas, sendo objetivo do projeto maximizar as quantidades de resíduos encaminhados para reciclagem.

Numa primeira fase, a RESIALENTEJO irá disponibilizar para receção dos Resíduos Agrícolas o Parque Ambiental do Montinho(Beja). Esta infraestrutura irá receber resíduos plásticos não perigosos, como filme plástico, fitas de rega, etc, para além dos Ecocentros que já recebiam como pneus usados, sucatas e embalagens não perigosas de papel/cartão e metal.

No entanto, os agricultores que adiram ao projeto terão de respeitar várias regras para que possam depositar os seus resíduos nas referidas infraestruturas, nomeadamente ao nível da adoção de procedimentos de minimização da presença de contaminantes, etc, pois só assim os resíduos produzidos poderão ser encaminhados para reciclagem.

 
 
 
 
Locais e Condições de Entrega
 
Resíduo Tarifa Ponto de Entrega
Resíduos agrícolas plásticos de fácil processamento e com baixa contaminação (Fitas de rega e proteções de oliveira/azinheira) Ver tarifário Parque Ambiental do Montinho (Beja)
Confirmar previamente a disponibilidade para receber.
Resíduos agrícolas plásticos de dificuldade de processamento médio e/ou com necessidade de triagem (panos de azeitona e tubagens rígidas) Parque Ambiental do Montinho (Beja)
Confirmar previamente a disponibilidade para receber.
Pneus Usados Parque Ambiental do Montinho (Beja)
Óleos Usados Parque Ambiental do Montinho (Beja), Ecocentros Beja, Barrancos, Castro Verde, Mértola e Serpa
Resíduos de Papel/Cartão e Vidro Parque Ambiental do Montinho (Beja), Ecocentros Beja, Barrancos, Castro Verde, Mértola e Serpa
Embalagens Pplásticas e Metálicas não perigosas (incluindo sacas
de adubo em ráfia e outros materiais)
Parque Ambiental do Montinho (Beja), Ecocentros Beja, Barrancos, Castro Verde, Mértola e Serpa
Metais (exº arame farpado) Parque Ambiental do Montinho (Beja), Ecocentros Beja, Barrancos, Castro Verde, Mértola e Serpa
 
 
 
 
 
Formulários / Documentos Necessários
 

Nos casos previstos na lei, e em cada descarga, deverá fazer-se acompanhar pela e-GAR.

Para obter mais informações sobre a mesma, clique aqui.

 

Caso seja a primeira vez que utiliza as nossas infra-estruturas, deverá preencher a Ficha de Novo Cliente.

 
Ficha de Novo Cliente

 

online

 

download
 
 
Caso pretenda entregar pneus usados deve preencher, imprimir e trazer consigo o Formulário de Entrega de Pneus Usados.
 
Formulário de Entrega de Pneus Usados

 

download

 












Construtores
.
Introdução
 

O Projeto Converter desenvolvido pela RESIALENTEJO pretende disponibilizar soluções para alguns dos resíduos produzidos em obra, sendo objetivo do projeto maximizar as quantidades de resíduos encaminhados para reciclagem e reutilização.

 
 
 
 
Locais e Condições de Entrega
 
Resíduo Tarifa Ponto de Entrega
Inertes Ver tarifário Parque Ambiental do Montinho (Beja)
Pneus Usados GRATUITO Parque Ambiental do Montinho (Beja)
Óleos Usados GRATUITO Parque Ambiental do Montinho (Beja)
Embalagens plásticas e metálicas não perigosas (incluindo sacas em ráfia, latas de tinta e outros materiais) GRATUITO Parque Ambiental do Montinho (Beja), Ecocentros Barrancos, Castro Verde, Mértola e Serpa
Resíduos de Papel/Cartão e Vidro (incluindo sacas de cimento limpas) GRATUITO Parque Ambiental do Montinho (Beja), Ecocentros Barrancos, Castro Verde, Mértola e Serpa
Metais (exº arame farpado) GRATUITO Parque Ambiental do Montinho (Beja), Ecocentros Barrancos, Castro Verde, Mértola e Serpa
Madeira (exº paletes e cofragens) GRATUITO Parque Ambiental do Montinho (Beja)
 
 
 
 
 
Formulários / Documentos Necessários
 

Apenas terá que trazer a Guia de Acompanhamento de RCD.

Caso seja a primeira vez que utiliza as nossas infra-estruturas, deverá preencher a Ficha de Novo Cliente.

 
Ficha de Novo Cliente

 

online

 

download
 
 
Caso pretenda entregar pneus usados deve preencher, imprimir e trazer consigo o Formulário de Entrega de Pneus Usados.
 
Formulário de Entrega de Pneus Usados

 

download

 
 
 












Outras Empresas e Serviços
.
Introdução
 

A RESIALENTEJO em parceria com os Municípios disponibiliza várias soluções para os resíduos produzidos no setor indústrial e de serviços.

 
 
 
 
Locais e Condições de Entrega
 
Resíduo Tarifa Ponto de Entrega
Papel/Cartão Embalagem
Papel/Cartão Não Embalagem
GRATUITO Parque Ambiental do Montinho (Beja)
Ecocentros Beja, Barrancos, Castro Verde, Mértola e Serpa

Em alternativa, para as empresas localizadas em Beja e Mértola podem aceder a estes serviços das Autarquias
Vidro GRATUITO Parque Ambiental do Montinho (Beja)
Ecocentros Beja, Barrancos, Castro Verde, Mértola e Serpa

Em alternativa, para as empresas localizadas em Ourique podem aceder a estes serviços da Autarquia
Embalagens de Plástico, Metal e Cartão para líquidos alimentares
Plástico e Metal Não Embalagem
GRATUITO Parque Ambiental do Montinho (Beja)
Ecocentros Beja, Barrancos, Castro Verde, Mértola e Serpa
Pilhas e Baterias GRATUITO Parque Ambiental do Montinho (Beja)
Ecocentros Beja, Barrancos, Castro Verde, Mértola e Serpa

Assim como na rede de Pilhões existente
Óleos Alimentares Usados (OAU) GRATUITO Oleões
Lâmpadas Fluorescentes GRATUITO Parque Ambiental do Montinho (Beja)
Ecocentros Beja, Barrancos, Castro Verde, Mértola e Serpa

Assim como na rede de Pontos Eletrão
Outros Resíduos --- Contatar a RESIALENTEJO
 
 
 
 
Formulários / Documentos Necessários
 

Nos casos previstos na lei, e em cada descarga, deverá fazer-se acompanhar pela e-GAR.

Para obter mais informações sobre a mesma, clique aqui.

 

Caso seja a primeira vez que utiliza as nossas infra-estruturas, deverá preencher a Ficha de Novo Cliente.

 

 
Ficha de Novo Cliente

 

online

 

download
 
 
Caso pretenda entregar pneus usados deve preencher, imprimir e trazer consigo o Formulário de Entrega de Pneus Usados.
 
Formulário de Entrega de Pneus Usados

 

download

 
 
 












Entrega de Resíduos
.
Município de Beja
 
Condições
Entidade responsável pela recolha Município de Beja
Solicitação do serviço Para aderir contatar a autarquia pelo telefone 284 313 100
Modo de entrega/deposição dos resíduos pelos Munícipes A autarquia recolhe diariamente na cidade de Beja o papelão depositado junto aos contentores, devidamente acondicionado.
Para além disso, para entidades e empresas, grandes produtores, efetua a recolha a pedido, usualmente após as 18h00m
Tipo de resíduos abrangidos Papel/Cartão
Horário de funcionamento A deposição deve ser feita entre as 18h00m e as 20h00m, de segunda a sexta, na cidade e das 17h00m às 18h00m, no Parque Industrial
Custos Serviço Gratuito
 
voltar
 
 
Município de Mértola
 
Condições
Entidade responsável pela recolha Município de Mértola
Solicitação do serviço Para aderir contatar a Autarquia pelo telefone 286 610 100; e-mail: geral@cm-mertola.pt ou diretamente para o Encarregado do Setor de Higiene e Limpeza (Telemóvel: 968 342 666)
Modo de entrega/deposição dos resíduos pelos Munícipes O papel e o cartão provenientes dos estabelecimentos comerciais ou de outros prestadores de serviços deverão ser depositados no local e horário definidos entre as partes, empilhado e atado depois de previamente espalmado
Tipo de resíduos abrangidos Papel/Cartão
Horário de funcionamento Horário de recolha porta a porta: segundas, quartas e sextas das 9h00m às 11h00m
Custos Serviço Gratuito
 
voltar
 
 
Município de Ourique
 
Condições
Entidade responsável pela recolha Município de Ourique
Solicitação do serviço Para aderir contanctar a Autarquia pelo telefone 286 510 400 ou para os Serviços de Ambiente
Modo de entrega/deposição dos resíduos pelos Munícipes A combinar com os serviços da Autarquia
Tipo de resíduos abrangidos Vidro
Horário de funcionamento A recolha de vidro efetua-se nos estabelecimentos comerciais de todo o concelho numa frequência semanal (todas as segundas das 08h00m às 16h00m com intervalo entre as 12h00m e as 13h00m)
Custos Serviço Gratuito
 
voltar
 
 
 
 












Entrega de Resíduos - Ficha de Novo Cliente
.
Identificação do Produtor
       
Nome da empresa:   *
     
Morada:   *
     
Localidade:  
   
*
     
Código Postal:  
--
*
     
Telefone:   *
     
E-Mail:   *
     
Pessoa responsável:   *
     
NIF:   *
     
Anexar cópia do cartão de contribuinte:  
  sugestão: quando digitalizar o seu cartão de contribuinte, coloque o nome da imagem com o respecitvo número, exº: 50434876.jpg
 
     
CAE:    
     
Descrição da atividade:    
     
       
Identificação e Caraterização do Resíduo
consulte aqui os códigos LER
       
Código LER:   *
     
Designação do resíduo:   *
     
Quant. produzida (ton/ano):   *
     
       
Atividade produtora dos resíduos (breve descrição do proceso produtivo ou de prestação de serviços):    
       
Caraterização do resíduo:    
       
Acondicionamento previsto do resíduo:  
contentor tambor bigbag granel outro:
*
     
No caso de entregar pneus usados nas nossas instalações, a V. empresa importa pneus ?  
sim:


não:    
 
       
Observações:    
       
     
 
 
 
 












Sistema Integrado de Gestão de Resíduos ..............................
 
Introdução
.








 
 






Projetos ..............................
 
Candidaturas a Programas de Apoio
.
Valorização de Resíduos Sólidos Urbanos
     

Descrição Sumária:
Construção de uma instalação de Tratamento Mecânico e Biológico (compostagem) em Évora com capacidade de 113.000 ton./ano de resíduos indiferenciados (totalidade dos resíduos da GESAMB e da AMCAL e parte dos resíduos da RESIALENTEJO), que visa a recuperação de materiais recicláveis e a produção de composto e de CDR.
O projecto proporcionará o desvio de aterro de cerca de 56.100 ton./ano de RUB.
Construção de uma instalação de Tratamento Mecânico e Biológico em Beja com capacidade de 30.000 ton./ano de resíduos indiferenciados (restante parte dos resíduos da RESIALENTEJO) que visa a recuperação de materiais recicláveis e a produção de composto.
O projecto proporcionará o desvio de aterro de cerca de 14.900 ton./ano de RUB.


Parceiros:
AMCAL e GESAMB


Programa de Apoio candidatado:
POVT

Valor da candidatura:
Investimento total: 24.582.137,00 €


Comparticipação FEDER:

 
       
       
       



Remodelação e Optimização do Ecocentro do Parque Ambiental do Montinho
     

Descrição Sumária:
O presente projecto visa a Remodelação e Optimização do Ecocentro do Parque Ambiental do Montinho, com a introdução de melhorias significativas na gestão, deposição e processamento dos REEE, Pneus e Embalagens, englobando maioritariamente intervenções a nível de construção civil e aquisição de equipamentos.


Programa de Apoio candidatado:
INALENTEJO

Valor da candidatura:
Investimento total: 1.078.755,79 €


Comparticipação FEDER:
863.004,63 €

 
       
       
       


















Dê Uma Tampa
     

Descrição Sumária:
No âmbito da sua politica de responsabilidade social, a RESIALENTEJO disponibiliza um sistema solidário de recolha de tampas - Projeto “Dê uma Tampa”, que tem como objetivo receber tampas de plástico ou de metal (caricas) de garrafas, recolhidas pelos cidadãos ou entidades, que após enviadas para empresas de reciclagem permitem obter fundos para a aquisição de equipamentos médicos ou ortopédicos ou financiamento de prestações médicas.

Para além da logística, da recolha e da entrega das tampas à SPV, torna-se necessário regular a distribuição das verbas obtidas com a sua venda, para o efeito a RESIALENTEJO elaborou um Regulamento (atualizado em 2012), que pode consultar nesta página.

De referir ainda que este Projeto iniciou-se no dia 1 de Março de 2010, e manter-se-á enquanto existirem soluções de reciclagem para os mesmos.

Informa-se que o regulamento do projeto foi atualizado.

 
   
 
   
 
Formulários / Documentos Necessários
 

Nos casos previstos na lei, e em cada descarga, deverá fazer-se acompanhar pela e-GAR.

Para obter mais informações sobre a mesma, clique aqui.

 

Caso seja a primeira vez que utiliza as nossas infra-estruturas, deverá preencher a Ficha de Novo Cliente.

 
Ficha de Novo Cliente

 

online

 

download

  Regulamento do Projeto Ficha de Entrega  
 




GREENALIZA
     

Descrição Sumária:
A RESIALENTEJO, E.I.M., empresa intermunicipal responsável pelo Sistema de Gestão e Tratamento de Resíduos Urbanos (RU) do Baixo Alentejo, pretende dinamizar uma campanha de recolha de embalagens de papel e cartão, plástico e vidro dirigido a entidades existentes nos concelhos de Almodôvar, Barrancos, Beja, Castro Verde, Mértola, Moura, Ourique e Serpa.
Este projeto tem como objetivo principal sensibilizar a população para a necessidade de recolher seletivamente as embalagens de papel e cartão, plástico, com especial enfoque no vidro, incentivando-os a adotar melhores práticas ambientais.

 
       
  cartaz flyer  
       
 
 

Regulamento
     
1. Introdução
     
A RESIALENTEJO, E.I.M., empresa intermunicipal responsável pelo Sistema de Gestão e Tratamento de Resíduos Urbanos (RU) do Baixo Alentejo, pretende dinamizar uma campanha de recolha de embalagens de papel e cartão, plástico e vidro dirigido a entidades existentes nos concelhos de Almodôvar, Barrancos, Beja, Castro Verde, Mértola, Moura, Ourique e Serpa.
Este projeto tem como objetivo principal sensibilizar a população para a necessidade de recolher seletivamente as embalagens de papel e cartão, plástico, com especial enfoque no vidro, incentivando-os a adotar melhores práticas ambientais.
     
     
2. A quem se destina o “Greenaliza”?
     
São elegíveis para o projeto as seguintes entidades:
  • coletivas de direito privado sem fins lucrativos legalmente constituídas ou Agrupamento Escolares;
• com sede e atividade nos concelhos de Almodôvar, Barrancos, Beja, Castro Verde, Mértola, Moura, Ourique e Serpa;
• cujo objeto social não colida com a estratégia e politica da RESIALENTEJO.
     
     
3. Como aderir ao “Greenaliza”?
     
3.1. Para efeitos de participação no projeto é necessário que cada entidade preencha o formulário de inscrição, disponibilizado no sítio da internet da RESIALENTEJO em www.resialentejo.pt.

3.2. Para além dos dados referentes à entidade e à pessoa responsável pela Campanha, é necessário identificar a causa social/necessidade que motiva a participação. São admitidos apoios a instituições de solidariedade social, pessoas e/ou famílias carenciadas, projetos de cariz social, projetos internos à própria entidade, entre outros, que a RESIALENTEJO considere enquadráveis com a estratégia e politica da RESIALENTEJO.

3.3. Após aceitação da inscrição, a RESIALENTEJO disponibilizará a cada entidade aderente um número de código que deverá ser sempre utilizado.

3.4. O projeto irá funcionar durante o ano de 2017 e terá a seguinte calendarização:
  • Abertura das Inscrição no sítio da internet da RESIALENTEJO – Junho de 2017
• Início da entrega dos sacos para armazenamento dos resíduos – Julho de 2017
• Início da recolha seletiva dos resíduos por parte da RESIALENTEJO – Agosto de 2017
• Término da recolha seletiva dos resíduos nas escolas por parte da RESIALENTEJO – 31 Outubro de 2017
• Entrega dos prémios aos aderentes – Semana Europeia de Prevenção de Resíduos Novembro de 2017
     
     
4. Como funciona o “Greenaliza”?
     

a. Resíduos abrangidos
4.1. O presente projeto tem por objetivo a recolha pela RESIALENTEJO de embalagens de plástico e metal, vidro e/ou papel/cartão separados seletivamente pelos aderentes, que respeitem as especificações técnicas presentes no Anexo I.

4.2. Apenas é permitida a entrega de embalagens de plástico, vidro e metal de utilização doméstica.

b. Acondicionamento
4.3. As embalagens a entregar à RESIALENTEJO terão de ser acondicionadas da seguinte forma:

  • Plástico e metal – colocadas em sacos translúcidos fornecidos pela RESIALENTEJO;
• Papel/cartão - espalmadas e arrumadas em fardo, até à altura do joelho e atado com cordel;
• Vidro – colocadas inteiras em sacos translúcidos fornecidos pela RESIALENTEJO.


4.4. As embalagens deverão ser obrigatoriamente escorridas (de forma a não conterem restos de alimentos / líquidos), e no caso das embalagens de plástico, metal e papel/cartão espalmadas. As embalagens de vidro não podem estar partidas.

4.5. Apenas serão recolhidos os sacos disponibilizados pela RESIALENTEJO, ou outros previamente autorizados por esta.

c. Recolha
4.6. A recolha de resíduos será realizada única e exclusivamente pela RESIALENTEJO, ou por entidade indicada por esta, na morada da entidade inscrita no concurso.

4.7. A recolha deverá ser solicitada pelo aderente quando tiverem armazenados a seguinte quantidade mínima:

  • 7 sacos com embalagens de plástico/metal, acondicionadas nos termos já mencionados, ou;
• 2 sacos com embalagens de vidro ou;
• 5 fardos com embalagens de papel/cartão, acondicionadas nos termos já mencionados.


4.8. O aderente contacta, por email ou telefone, a RESIALENTEJO para efetuar a recolha, indicando o seu número de código e o n.º de sacos ou fardos por material a recolher. A recolha ocorrerá num período máximo de 3 dias úteis.

4.9. Em cada recolha a RESIALENTEJO entregará ao aderente o número de sacos equivalente aos recolhidos.

4.10. O material mal separado ou que não cumpra as condições aqui definidas não será recolhido, sendo o aderente informado da situação e dos motivos da mesma. Ao fim de 2 recolhas não concretizadas, a RESIALENTEJO reserva-se o direito de cessar a adesão ao projeto dessa entidade.

4.11. O quantitativo recolhido será registado num impresso próprio e será assinado pelo representante do aderente e pelo funcionário da RESIALENTEJO que recolhe.

     
     
5. Prémios do “Greenaliza”
     
5.1. No final do Projeto será divulgada no sítio da internet da RESIALENTEJO a contabilização total do material reciclável entregue pelas entidades à RESIALENTEJO. Com base nestes quantitativos serão definidos os prémios a atribuir a cada aderente, tendo por base o seguinte:
  • Embalagens de plástico e metal – 1,0 € por cada saco entregue;
• Embalagens de Papel/cartão – 0,50 € por cada fardo entregue;
• Embalagens de vidro – 0,25 € por cada saco entregue.

5.2. Será atribuído um valor máximo de 500 euros por aderente.

5.3. A entrega dos prémios ocorrerá em data e local a definir pela RESIALENTEJO oportunamente, sendo que os aderentes serão informados com a antecedência necessária.

5.4. As verbas serão canalizadas para a aquisição pela RESIALENTEJO dos bens ou serviços necessários para suprir/ajudar a causa social/necessidade identificada por cada aderente.
     
     
6. Disposições finais
     

As dúvidas e omissões que resultem da aplicação do presente Regulamento serão resolvidas pela RESIALENTEJO, devendo ser colocadas por escrito para os contatos disponibilizados.

     
     
ANEXO I
     
Papel/cartão
- Papel/cartão embalagem

Produtos aceites: embalagens de cartão canelado, embalagens de cartão compacto, embalagens de papel.
Produtos recusados: todas as embalagens que contenham produtos orgânicos, restos de alimentos, matérias putrescíveis ou produtos perigosos (excluem-se desta classificação os resíduos dos líquidos do enchimento original), todas as embalagens que contenham cimento ou tenham sofrido um tratamento com betume ou alcatrão.

- Papel/cartão não embalagem
Produtos aceites: cartão canelado, jornais, revistas, papel de escrita, papel de impressão.
Produtos recusados: papéis vegetais, autocolantes, encerados, pratas, papel sujo ou que contenha plástico.



Vidro
Produtos aceites: garrafas, frascos, boiões de vidro vazios
Produtos recusados: cerâmicas, lâmpadas, rolhas, cristais, loiças, espelhos, pirex.



Embalagens de plástico, metal e cartão para líquidos alimentares
Embalagens de plástico - produtos desejados: embalagens de iogurte, garrafas e garrafões de plástico (PET, PEAD, PVC), filme plástico, esferovite limpa (EPS)
Embalagens de metal - produtos desejados: metais ferrosos de embalagem (latas de conserva, latas de bebidas), metais não ferrosos de embalagem (latas de conserva, latas de bebidas, pratos e barquetas e aerossóis).
Embalagens de cartão para líquidos alimentares - produtos desejados: pacotes de sumo pacotes de leite e de vinho.
Produtos recusados: eletrodomésticos e embalagens que tenham contido substâncias perigosas.


     
     


Ficha de Inscrição

Instituição proponente:   *
     
NIF:   *
     
Morada:   *
     
   
Número: Andar:
*
     
Código Postal:  
--   Localidade:  
*
     
E-Mail:   *
     
Telefone:   *
     
Pessoa de contato:   *
     
Breve apresentação da instituição proponente:   *
     
Breve descrição da causa social / necessidade que motiva a participação:   *
     
   
 
 
 









Re-Planta !
     

Descrição Sumária:
Re-Planta! o projeto das hortas domésticas no Alentejo

Sob o lema "Reaprende, Recomeça e Redescobre a tua Horta" o projeto Re-Planta! é uma iniciativa inspiradora, desenvolvida pela AMCAL, GESAMB e RESIALENTEJO que pretende devolver aos cidadãos o prazer de cultivar os seus próprios alimentos, tornando fácil, simples e acessível a criação de hortas caseiras.

 

Re-Planta! o projeto das hortas domésticas no Alentejo

Sob o lema "Reaprende, Recomeça e Redescobre a tua Horta" o projeto Re-Planta! é uma iniciativa inspiradora, desenvolvida pela AMCAL, GESAMB e RESIALENTEJO que pretende devolver aos cidadãos o prazer de cultivar os seus próprios alimentos, tornando fácil, simples e acessível a criação de hortas caseiras.

Com muito espaço ou com um simples vaso todos podem participar! O projeto Re-Planta! é uma iniciativa aberta e de participação livre, cujo intuito é também o de criar uma comunidade dinâmica e integradora, onde todos possam contribuir, sejam simples cidadãos ou instituições como lares, escolas, autarquias, associações, etc. Para fazer parte da comunidade Re-Planta!, inscreva-se e partilhe técnicas, receitas, frutas ou legumes, em www.facebook.com/projeto-replanta.

"Comece já a sua Horta, nós ajudamos!" De modo a tornar mais acessível a participação, o projeto Re-Planta irá percorrer 25 concelhos alentejanos com oficinas de hortas biológicas e compostagem, onde serão fornecidos equipamentos, manuais e formação de modo a que todos possam começar a criar a sua própria horta. A participação nas oficinas é gratuita, sendo que apenas se terá que inscrever em www.re-planta.pt/2012/09/21/oficinas/

O projeto Re-Planta! nas escolas. Devido ao seu carácter particular, as escolas da região terão um programa específico dentro do projeto Re-Planta! onde, com o apoio da DREALE, os professores terão a possibilidade de frequentar uma formação acreditada (em análise pelo Conselho Científico) e inscrever a sua escola num programa educativo repleto de recursos, atividades e desafios em que em conjunto com os seus alunos poderão implementar a sua própria horta na escola e explorar os benefícios específicos da agricultura biológica. Se é professor, saiba mais em www.re-planta.pt/programa-educativo

 

 
       
  http://re-planta.pt/ www.facebook.com/projeto.replanta  
Seja mais feliz, mais saudável e mais sustentável. O projeto Re-Planta! enquadra-se num esforço coletivo, desenvolvido em parceria pela AMCAL, GESAMB e RESIALENTEJO (entidades responsáveis pela gestão de resíduos na região) que tem como objetivo de fundo a valorização dos resíduos orgânicos à escala doméstica, através da introdução de hábitos de compostagem junto da população, como forma de combater a desertificação dos solos e promover a sustentabilidade local.

A promoção de um estilo de vida mais saudável, equilibrado e enriquecedor é outro dos objetivos que o projeto Re-Planta! pretende alcançar realçando os benefícios associados às pequenas experiências individuais de cultivo biológico como sejam a geração de bem-estar psicológico e social, a segurança alimentar e os hábitos de poupança.

Os promotores e concelhos abrangidos:

A AMCAL é uma associação de municípios de fins específicos e tem como uma das suas atividades principais o tratamento e a valorização de resíduos sólidos na Zona Central do Alentejo, compreendendo cinco municípios dos quais três pertencem ao distrito de Beja (Cuba, Alvito e Vidigueira) e dois ao distrito de Évora (Portel e Viana do Alentejo).

A GESAMB, é a empresa responsável pela gestão e exploração do Sistema Intermunicipal de Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos Urbanos do Distrito de Évora (SIRSU), que integra os municípios de Alandroal, Arraiolos Borba, Estremoz, Évora, Montemor-o-Novo, Mora, Mourão, Redondo, Reguengos de Monsaraz, Vendas Novas e Vila Viçosa.

A RESIALENTEJO – Tratamento e Valorização de Resíduos, EIM é uma empresa intermunicipal criada pela AMALGA e desde meados de 2004 que é responsável pelo Sistema de Tratamento e Valorização de Resíduos Sólidos Urbanos (RSU) do Baixo Alentejo, compreendendo os municípios de Almodôvar, Barrancos, Beja, Castro Verde, Mértola, Moura, Ourique e Serpa.

Estas três entidades desenvolveram em parceria um Plano de Ação conjunto que integra as ações a implementar no âmbito do cumprimento dos objetivos do Plano Estratégico de Resíduos Sólidos Urbanos II (PERSU II). Esta parceria compreende a execução das duas Centrais de Tratamento Mecânico e Biológico (localizadas em Beja e em Évora estando esta última em construção e prevendo a sua conclusão para o 1º semestre de 2013) e uma Campanha de Sensibilização e Promoção destinadas aos 25 concelhos abrangidos, com o objetivo de reduzir a quantidade de resíduos orgânicos presentes nos contentores do lixo dos lares e organizações e aumentar a prática da compostagem doméstica e comunitária, associada à criação de hortas e jardins em modo biológico.


Promotores:
     
Cofinanciamento:
     
Parceiros:
   












Produção de Energia Elétrica a partir de Fontes Renováveis
     

Sistemas de Micro/Mini Geração de Energia Elétrica

No âmbito da política ambiental da RESIALENTEJO, EIM, esta instalou no Ecocentro de Beja um sistema de micro-geração fotovoltaico que vai permitir produzir energia suficiente abastecer uma habitação de 4 pessoas.
Atualmente encontra-se a avaliar a instalação de um sistema de Mini Geração fotovoltaico no Parque Ambiental.


 

 
     

Viatura Alimentada a Energia Solar.

Reforçando o seu empenhamento na diminuição da sua pegada ecológica, a RESIALENTEJO adquiriu uma viatura alimentada a energia solar.

Esta viatura serve de apoio às várias infra-estruturas da RESIALENTEJO existentes no Parque Ambiental do Montinho.

 
     

Aproveitamento Energético do Biogás do Aterro Sanitário

A RESIALENTEJO encontra-se a avaliar a viabilidade económica de proceder à valorização energética do biogás produzido no Aterro Sanitário de Beja

 
     









Educação Ambiental ..............................
 
Visitas de Estudo
.
Regulamento
 

Artigo 1º
Objetivo do Regulamento

 
1. Com este documento pretende-se regulamentar o processo de solicitação, marcação e execução das visitas de estudo às infra-estruturas da RESIALENTEJO no Parque Ambiental do Montinho.
 
 
Artigo 2º
Processo de solicitação e marcação da visita
 

1. A solicitação da Visita de Estudo deverá ser formalizada através do preenchimento de ficha de inscrição existente aqui,e deverá ter em conta o mencionado neste regulamento;

2. Na solicitação da Visita de Estudo, os proponentes da mesma deverão ter em conta que todas as visitas deverão decorrer às terças-feiras, no seguinte horário: 9h00 - 12h00;

3. Após análise da solicitação pelos serviços da RESIALENTEJO e avaliação da disponibilidade, os proponentes serão contatados pela RESIALENTEJO através do e-mail indicado na ficha de inscrição para comunicação das condições da visita.

 
 
Artigo 3º
Circuitos a visitar, tempo de duração e número máximo de visitantes por circuito
 
1. Os circuitos disponíveis para visitas de estudo são os descritos na seguinte tabela:

Circuitos Instalações a visitar Objetivo Nível de escolaridade
1 Visionamento de filme + Visita ao Centro de Triagem e Ecocentro Dar a conhecer os diferentes processos de tratamento e valorização de resíduos. Os visitantes serão acompanhados por um técnico que irá mostrar e explicar o funcionamento do aterro sanitário, da estação de triagem e do ecocentro. A partir do 1º Ciclo
2 CAGIA - Canil / Gatil Intermunicipal da RESIALENTEJO Dar a conhecer as instalações e funcionamento de um Centro de Recolha Oficial de Animais de Companhia. Dar a conhecer os serviços prestados pelo CAGIA e o funcionamento do processo de adopção animal. A partir do 1º Ciclo

 

2. Relativamente ao circuito 1, cada visita é realizada com um número mínimo de 10 visitantes e não deverá exceder os 45 elementos. Neste circuito, a duração aproximada das visitas é de 01h30 por grupo;

3. Relativamente ao circuito 2, cada visita é realizada com um número máximo de 20 visitantes, quando este número é ultrapassado, poderá verificar-se a necessidade de dividir o grupo. Neste circuito, a duração aproximada das visitas é de 00h45 por grupo.

 
 
Artigo 4º
Visita de estudo
 

1. Todas as visitas deverão ter início: Até às 10h30 - Período de manhã;

2. A deslocação dos visitantes ao longo dos circuitos mencionados no artigo 3º será utilizando a(s) viatura(s) dos próprios visitantes;

3. Cada visitante deverá trazer uma embalagem reciclável de vidro, papel/cartão, plástico ou metal para deposição nos Ecopontos junto ao estacionamento dos autocarros;

4. Durante a visita:

  a) Os professores/educadores/auxiliares/monitores devem assegurar o bom comportamento dos alunos;
b) Em situação alguma, os professores/educadores/auxiliares/monitores poderão afastar-se das crianças/jovens;
c) Os visitantes deverão cumprir todas instruções dadas pelos responsáveis da RESIALENTEJO no local;
d) Os visitantes deverão utilizar vestuário confortável e calçado apropriado, sendo totalmente proibido a utilização de chinelos.

 

5. Em caso de incumprimento de algumas das alíneas do ponto anterior, a RESIALENTEJO reserva-se o direito de não iniciar ou interromper a visita de estudo, podendo inclusivamente terminar a mesma;

6. No final de cada visita o grupo de visitantes deverá preencher um inquérito de satisfação, fornecido pelo Técnico que acompanhará a visita, com o objectivo de avaliar e melhorar as visitas de estudo.

 
 



Marcações on-line

Entidade:   *
     
Pessoa de contato:   *
     
E-Mail:   *
     
Telefone:   *
     
Número de visitantes:   *
     
Idade média dos visitantes:   *
     
Data pretendidada para a visita:   - - *
     
Objetivo da visita:   *
     
Outras informações:    
       
     
 









Atividades
.
Ovibeja
 





Visitas de Estudo
 




Dia da Criança
 




Dia da Floresta
 




Limpeza da Paisagem
 




Trocá Recolher
 




Palavras Andarilhas
 




Semana Europeia da Mobilidade
 








Publicidade e Campanhas
.
Publicidades e Campanhas diversas em revistas, outdoors, entre outros
 





Sensibilização em Viaturas
 




Sensibilização em Materiais Diversos
 




Recursos
.
.
Sinalética
 

Tríptico Sinalética e Resíduos
 
 




























Marcação de Visita


 
A marcação da visita foi agendada com sucesso.

Será contatado o mais breve possível, obrigado.
 
     
 


 



 

 



 

 

 
 






   
GREENALIZA: Ficha de Inscrição


 
A ficha de inscrição foi submetida com sucesso.

Iremos analisar a sua candidatura e no final do prazo das inscrições entraremos em contato consigo.
 
     
 


 



 

 



 

 

 
 






   
Newsletter


 
O endereço de correio eletrónico "" foi adicionado à nossa lista com sucesso.

Obrigado.
 
     
 


 



 

 



 

 

 
 






   
Newsletter


 
Deseja apagar o endereço de correio eletrónico "" da nossa lista?

 
     
 
 
 
 


 



 

 



 

 

 
 






   
Newsletter


 
O endereço de correio eletrónico "" já existe na nossa lista.

 
     
 


 



 

 



 

 

 
 






   
Newsletter


 
O endereço de correio eletrónico "" não existe na nossa lista.

 
     
 


 



 

 



 

 

 
 






   
Newsletter


 
O endereço de correio eletrónico "" foi eliminado da nossa lista.

 
     
 


 



 

 



 

 

 
 






   
Entrega de Resíduos - Ficha de Novo Cliente


 
A ficha de novo cliente foi submetida com sucesso !
 
     
 


 



 

 



 

 

 
 






   

Política de Privacidade